A história começa e prevalece desde 2012, quando especialistas da Winoa lançaram o ACPC, um consórcio exclusivo que reúne especialistas que visam progredir no conhecimento sobre a anticorrosão a partir de diferentes empresas preocupadas com o futuro do revestimento de tubulações.

Os engenheiros do Consórcio estão procurando soluções para a redução de poeira e compartilhando as melhores práticas para empreiteiros de revestimento de tubulações.

Do mesmo modo, o 5.º seminário internacional sobre anticorrosão, o Anticorrosion 2018, aconteceu na Áustria, em novembro de 2018, realizado pela Winoa Rússia e seus colaboradores (EDER, Strahltechnik e Hempel). Mais de 30 participantes de 19 empresas vieram à Áustria para participar. Os participantes tiveram a oportunidade de receber informações sobre as soluções mais eficientes e atualizadas sobre o preparo de superfícies e pintura de estruturas de metal, incluindo a oferta exclusiva de serviços e equipamentos incomparáveis de jateamento fornecidos pela Phenics.

 

Ecologia no palco principal

Ninguém pode ignorar a urgente situação ecológica dos dias de hoje. Como a Winoa está comprometida com a proteção do meio ambiente, o seminário na Áustria promove a conscientização do uso dos abrasivos de aço em vez de algum tipo de escória. Os abrasivos de aço geram menos desperdício e aumentam a aderência da tinta. Esta conversão também envolve os equipamentos corretos de jateamento, então a Phenics despertou um grande interesse nos maiores empreiteiros.

Ainda em conformidade com a operação de custo total, o uso de abrasivos de aço também é mais econômico, devido à sua vida útil e à possibilidade de reciclagem.
O ACPC também está envolvido com o meio ambiente, e o último seminário definiu várias ações de trabalho, como a remoção do nível de poeira dos revestimentos de tubulações. Pesquisar soluções anticorrosivo também é oferecer uma vida útil maior às superfícies.

O próximo seminário acontecerá em março de 2019, em Dubai. Muitos participantes novos estarão presentes no seminário: a corrosão pode temer o futuro!