A Hutchinson Paulstra é uma empresa francesa especializada em projetar e produzir soluções acústicas e antivibração feitas de borracha. Seus produtos são voltados principalmente para as indústrias automobilística e aeroespacial. O Hutchinson Group é um subsidiário do Total Group.


É claro que quando a Hutchinson Paulstra abordou a Winoa, as equipes da W Abrasives ficaram muito orgulhosas com a oportunidade de oferecer suporte a um cliente tão especializado, capaz de responder a todas as questões, necessidades e requisitos específicos relacionados ao impacto.

Essa também foi uma solicitação específica que a Hutchinson Paulstra exigiu: reduzir o tempo de jateamento para operações de granalha sem modificar a limpeza ou a rugosidade de suas peças.

Atualmente, o cliente utiliza uma granalha com tempo de jateamento de 300 segundos. Foi durante os primeiros testes, realizados em maio, que a Hutchinson Paulstra decidiu confiar na Winoa.

Primeiramente, os testes foram realizados usando a solução abrasiva do cliente, com os mesmos parâmetros implementados em suas instalações (taxa e velocidade de projeção). Essa operação permitiu que fosse encontrado um ponto de referência em termos de limpeza e rugosidade das peças para que, posteriormente, pudéssemos sugerir uma solução alternativa.

Para a finalidade de seus objetivos, os especialistas da W Abrasives recomendaram um produto da gama do Stelux C, uma granalha de aço inoxidável projetada para limpar, rebarbar e preparar peças de metal não ferroso.

Por isso, decidiu-se usar o Stelux C20 e o C30 variando o tempo e os parâmetros de velocidade de projeção.

Esses dois produtos geraram ganhos potenciais nos tempos do ciclo de granalhas.


Quanto ao Stelux C20, que é mais fino, os resultados de limpeza foram muito satisfatórios. Já a rugosidade foi, pelo contrário, ligeiramente menor.
Dessa forma, o Stelux C30 mostrou-se o mais bem-sucedido. Ao diminuir a velocidade de projeção em 10%, o nível de rugosidade foi o mesmo das peças de referência.

Desta maneira, foi possível reduzir a velocidade de projeção da granalha, o consumo de granalhas e o desgaste da máquina. Por fim, o tempo do ciclo pôde ser reduzido para 200 segundos.

O cliente complementou esses resultados com testes realizados em suas instalações. Satisfeito com os primeiros resultados fornecidos pelos produtos da W Abrasives, desta vez, a Hutchinson Paulstra os enviou a Cheylas em setembro para validar os testes realizados e eliminar o "fator máquina".

Nesta segunda rodada, a máquina foi abastecida com a mesma granalha utilizada pelo cliente. Seguindo uma referência feita com uma peça existente, nossas equipes tiveram a certeza de que os resultados obtidos nos testes estavam coerentes com aqueles que o cliente obteve em suas instalações.

Os testes de redução do ciclo de tempo foram realizados novamente, desta vez com uma velocidade de projeção mais baixa: 66m/s e 200 segundos de jateamento. Mais uma vez, os resultados foram semelhantes àqueles obtidos nas mesmas condições do cliente.


Em conclusão, isso nos mostra que reduzir o tempo de jateamento em 30% sem alterar a superfície é perfeitamente viável. Se combinado com uma redução na velocidade de projeção, o benefício esperado é a redução no desgaste da máquina e uma redução de aproximadamente 10% no consumo.

A W Abrasives prova, mais uma vez, que existem diversos parâmetros que desempenham um papel significativo nas operações de jateamento de granalhas e que a redução de custos não ocorre apenas por meio da redução do preço das granalhas, mas por um processo controlado que não altera nenhum aspecto em termos de qualidade.

Assim, a W Abrasives prova sua capacidade de oferecer suporte aos seus clientes na solução de problemas de jateamento de granalhas com equipes altamente capacitadas.

Encontre mais informações sobre nossa abordagem de "Operações de custo total (Total Cost Operations)" em nosso vídeo TCO: